As equipes policiais também cumpriram 14 mandados de busca e apreensão nas casas de suspeitos - 20/04/2017

Seis traficantes são presos durante operação policial em Natal

Uma investigação da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) resultou na deflagração de mais uma etapa da Operação Estufa, que contou com apoio da Polícia Militar, nas primeiras horas desta quinta-feira (20), na Grande Natal. Os mandados de prisão foram cumpridos contra seis pessoas, sendo cinco homens e uma mulher, que são suspeitos de praticarem o crime de tráfico de drogas.

As equipes policiais também cumpriram 14 mandados de busca e apreensão nas casas de suspeitos.

A Operação Estufa foi iniciada em 2015, após a prisão de Carlos Eduardo Afonso Viegas e de mais quatro pessoas que praticavam o tráfico de drogas em Natal. No apartamento de um dos presos, os policiais encontraram uma estufa que era usada para o cultivo da droga conhecida como skank. Em dois anos de existência, já conseguiu efetuar 25 prisões. Foram presos nesta quinta-feira (20), em cumprimento a mandados de prisão preventiva Luana Ludimila Azevedo Costa, 19 anos; Jefferson Bernardo de Oliveira, conhecida como “Radameres”; Arthur Mendes Domingos, 32 anos; Rafael Matte Nonato, 25 anos e Sandcley Rocha Gomes, 26 anos.

Um mandado de prisão foi cumprido contra Carlos Eduardo Afonso Viegas, que está detido em Pirangi. A operação policial foi acompanhada pela secretária de segurança pública, Sheila Freitas e pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel André Azevedo. “ Ações integradas que visam desmantelar o esquema de tráfico de drogas são fundamentais para diminuir os índices de criminalidade. Pois sabemos que o tráfico está interligado a prática de outros delitos”, afirmou a secretária Sheila Freitas.

Para o delegado titular da Denarc, Ulisses de Souza, estas prisões são fundamentais para desmantelar um esquema de venda de drogas que poderia trazer vários prejuízos para a sociedade. Além das prisões, a Denarc também consegue retirar de circulação as drogas e objetos que foram adquiridos com o tráfico. “Nossas investigações revelaram que este grupo está envolvido principalmente com a distribuição de drogas em vários pontos da Grande Natal. Em algumas situações, as drogas são entregues para consumidores que estão dentro de grandes empreendimentos comerciais”, revelou o delegado Cláudio Henrique, adjunto da Denarc. Fonte Portal noar.

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12