em plena seca no nosso Estado e nordeste - 16/11/2017

Comportas da barragem Poço Branco devem ser abertas nesta sexta-feira

As comportas da barragem Poço Branco devem ser abertas nesta sexta-feira (17) por volta das 14h. A água está retida desde maio, quando a represa foi fechada para reparos estruturais. A vazão liberada será de  450 l/s  e vai ser usada para perenizar o rio Ceará Mirim, que apresenta situação crítica em devido a seca que atinge o interior do Rio Grande do Norte há cerca de seis anos. 

Comportas da barragem, que deveriam perenizar o rio Ceará-Mirim, estão fechadas desde maio

Comportas da barragem, que deveriam perenizar o rio Ceará-Mirim, estão fechadas desde maio

A liberação da água estava prevista inicialmente para o dia 06 de novembro, mas foi adiada após um motim de pescadores do município de Poço Branco. A categoria teme que, com a vazão para o rio, a barragem seque, impedindo a atividade pesqueira. “Não nos apresentaram nenhuma garantia ou ofereceram qualquer auxílio caso a barragem seque com a abertura”, reivindica o presidente do Conselho de Pescadores de Poço Branco, Davi Pinheiro.

A liberação da água é motivo de conflito entre os moradores do município de Poço Branco que dependem da pesca (180 famílias) e os agricultores que vivem às margens do rio Ceará Mirim. Os pequenos produtores rurais contam com a perenização do afluente para o desenvolvimento de atividades como carcinicultura, produção de hortifrutigranjeiros, de cana de açúcar e forragem animal para pecuária, que geram cerca de 1.500 empregos diretos e 4.500 empregos indiretos.

De acordo com o superintendente do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs)  José Eduardo Wanderley Alves, a preocupação dos pescadores “é natural”, mas, sem a vazão para o rio, a água ficaria inutilizável devido aos níveis elevados de oxigênio e salinidade.

O superintendente explica que entre dezembro e março os pescadores entram em seguro-defeso (período em que os trabalhadores recebem auxílio do Governo Federal equivalente a um salário mínimo e a pesca fica proibida para garantir a reprodução das espécies). “Eles só poderiam pescar em março e, mesmo que as comportas continuassem fechadas, essa água ficaria inutilizada. É uma situação sem saída”, ressalta.

Para solucionar o impasse com os pescadores, ficou acordado em audiência pública que a barragem vai ser aberta inicialmente por um mês. Neste período o Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn) vai fazer o monitoramento das condições da represa. Ao fim dos 30 dias, uma nova audiência deve ser realizada para analisar os resultados do monitoramento e definir os próximos passos.

Outro entrave que impedia a abertura das comportas era a necessidade de uma autorização da Agência Nacional de Águas (ANA) que, segundo José Eduardo Wanderley, já havia sido concedida verbalmente, mas ainda não estava formalizada.

O parecer da ANA foi publicado nesta terça-feira (14) e chancela a abertura das comportas com base nos laudos do Dnocs, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca e do  Comitê da Bacia Hidrográfica do Vale Ceará Mirim. O documento afirma que a vazão da água é prudente desde que haja monitoramento constante da situação da represa.

A ANA justifica o parecer com base em três argumentos principais: a elevada salinidade da água, que tornaria seu consumo impróprio para humanos e animais; a importância socioeconômica do rio Ceará Mirim para os moradores que vivem às margens do afluente e a garantia do sustento dos pescadores através do seguro-defeso entre os meses de dezembro deste ano e março de 2018.

Como condições para a abertura das comportas, a Agência estabelece que o Igarn faça monitoramentos semanais do volume de água e análises periódicas de sua qualidade, fiscalizando também os usos e as condições de esgotamento no rio Ceará Mirim. Também devem ser realizados reuniões mensais para avaliação da operação. Por fim, devem ser produzidos relatórios  com o resultado do monitoramento, síntese das fiscalizações e registro das reuniões com lista de presença e propostas encaminhadas.

A ANA alerta ainda que, com a liberação de 450l/s para a perenização do rio Ceará Mirim, a represa deve entrar em volume morto em março do próximo ano, caso as chuvas não sejam suficientes para a recarga da barragem. A represa está com 8,3 m³ de água, o que corresponde a cerca de 6% da sua capacidade total de 140 m³. 

O documento também adverte que poderá ser realizada um despesca emergencial com base no monitoramento da qualidade da água. Isso significa que, se os níveis de oxigênio e salinidade continuarem crescendo, pode ser necessário retirar os peixes da barragem e transportá-los para outros reservatórios, com o intuito de evitar os impactos ambientais da mortandade dos animais.

Para o titular da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Guilherme Saldanha, sem a água a situação dos agricultores que vivem às margens do Rio Ceará Mirim é “um verdadeiro desastre”. O secretário ressalta ainda que os órgãos responsáveis estão trabalhando “com muita atenção para para não prejudicar nem pescadores, nem agricultores” e que tem sido feito um esforço para atender aos pedidos daqueles que dependem da pesca em Poço Branco, como a garantia de monitoramento e segurança na barragem e que as expectativas para 2018 são de um bom inverno.

Segurança
Outro problema que concerne à abertura das comportas da barragem Poço Branco é a falta de vigilância para impedir que a estrutura da represa seja depredada. Para o momento de abertura, o Dnocs solicitou ao Governo do Estado um efetivo composto por duas equipes policiais que vão garantir a segurança neste primeiro momento. O policiamento para os próximos dias ainda está em fase de negociação.

Fonte Tribuna do Norte.

Comente

Os manifestantes estão acampados há dias em frente à Governadoria - 16/11/2017

Protesto de servidores complicou trânsito na BR-101

Foto: Ana Lúcia Gomes/ADUERN

A BR-101 se encontrava interditada, no sentido Natal-Parnamirim, na altura do Centro Administrativo, até o final da tarde desta quinta-feira. Servidores públicos do Estado se manifestam contra os atrasos nos salários. A rodovia foi liberada próximo das 18 horas.

Os manifestantes estão acampados há dias em frente à Governadoria. O grupo é composto por representantes dos Servidores da Saúde e da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, a UERN.

Eles afirmam que o ato de impedir o trânsito foi iniciado porque não estão conseguindo manter diálogo com os representantes do Governo.

Comente

Robinson solicitou recursos ao ministro da Justiça, Torquato Jardim - 16/11/2017

Robinson pleiteia R$ 12 milhões para o sistema penitenciário e permanência da Força Nacional

Recursos para sequência de melhorias no sistema penitenciário do Rio Grande do Norte e a permanência da Força Nacional no estado foram os principais assuntos da audiência do governador do Estado, Robinson Faria, com o ministro da Justiça, Torquato Jardim. O encontro aconteceu nesta quinta-feira (16) e teve a presença dos secretários de Estado da Justiça e Cidadania, Luis Mauro, e da Infraestrutura, Jader Torres.

O chefe do Executivo Estadual, na companhia dos secretários, pleiteou cerca de R$ 12 milhões para o andamento da reforma na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, construções prisionais nos municípios de Ceará-Mirim e Afonso Bezerra, assim como o reaparelhamento do sistema penal e da segurança.

Na ocasião, o governador lembrou que o estado vem investindo nos últimos meses na recuperação do Sistema, bem como no setor da Segurança Pública. Porém, ambos também foram afetados pela crise econômica. “Com esse cenário, é imprescindível o apoio do governo federal para sequência das ações”, ressaltou Robinson.

“O ministro se sensibilizou com nossos pedidos e ficou de avaliar as nossas solicitações com relação aos investimentos. E sobre a permanência, ele orientou para protocolarmos o pedido, o que sinaliza para o entendimento da permanência dos militares no RN”, finalizou o governador. Fonte Portal Noar.

Comente

Desenvolvido pela Secretaria de Educação, o SIGEduc disponibiliza para os pais dados como notas, frequência e disciplinas ministradas em sala de aula. - 16/11/2017

Aplicativo para celular permite acompanhamento escolar de alunos da rede pública potiguar

Por G1 RN

Aplicativo SIGEduc Familiar está disponível gratuitamente na loja virtual Google Play (Foto: Rafael Barbosa/G1)

Aplicativo SIGEduc Familiar está disponível gratuitamente na loja virtual Google Play (Foto: Rafael Barbosa/G1)

Pais de alunos matriculados na rede estadual de educação do Rio Grande do Norte já podem acompanhar o desenvolvimento escolar dos filhos pelo celular. É o SIGEduc Familiar, um aplicativo desenvolvido pela equipe do Grupo de Processamento de Dados da Secretaria Estadual de Educação e Cultura, e que já está disponível gratuitamente na loja virtual Google Play.

Além de mostrar as notas e a frequência do estudante, o aplicativo também compartilha as disciplinas ministradas em sala de aula durante o ano letivo nas escolas.

“Cada estudante, assim como os pais, receberam um usuário e senha para acessar o canal de informação”, afirma a Secretaria de Educação. Para quem não recebeu, é possível fazer o cadastro no site https://sigeduc.rn.gov.br/sigeduc/public/cadastro/discente.jsf.

“Essa é uma iniciativa de grande importância para os pais, alunos e também para a secretaria. Antes essa tecnologia só era presente em escolas particulares, hoje, os nossos estudantes e seus familiares também podem contar com esse serviço”, destacou Ana Paula Oliveira, coordenadora do Grupo de Processamento de Dados, da SEEC.

O aplicativo encontra-se disponível na Google Play e pode ser baixado por todos os pais de alunos da Rede Pública. Para instalar, basta conectar o celular à internet e baixar o aplicativo. A partir daí o usuário já terá acesso as informações disponibilizadas pela ferramenta.

Comente

Estudo desenvolvido no Rio Grande do Norte testou o uso do chá em pacientes com depressão. Professor da Unifesp pesquisa a utilização no combate à dependê - 16/11/2017

Pesquisas testam ayahuasca no tratamento de depressão e alcoolismo

Por Rafael Barbosa, G1 RN

Imagem tirada em fevereiro de 1999 de uma liana Ayahuasca em Tarapoto, no nordeste da selva do Peru (Foto:  Jaime Razuri/AFP/Arquivo)

Imagem tirada em fevereiro de 1999 de uma liana Ayahuasca em Tarapoto, no nordeste da selva do Peru (Foto: Jaime Razuri/AFP/Arquivo)

Uma pesquisa desenvolvida no Instituto do Cérebro (ICe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte testou a ayahuasca como antidepressivo, e obteve resultados iniciais positivos em pessoas que apresentam quadro de depressão. A solução psicoativa é usada comumente em cerimônias religiosas, como Santo Daime e Jurema. Contudo a ciência tem se debruçado sobre a utilização medicinal desse chá.

De acordo com o que afirma a pesquisadora Fernanda Palhano, que defendeu este ano sua tese de doutorado com base nesse teste, orientada pelo professor Draulio Araújo, a maior parte das pessoas que tomou a ayahuasca apresentou melhora nos sintomas depressivos. Segundo ela, foram 64% dos pacientes que beberam o chá com melhora clínica em até sete dias após o experimento.

“Fizemos o que se conhece por ensaio clínico duplo cego randomizado. Isso significa pegar um grupo de pacientes, dividi-lo ao meio e de maneira aleatória separar os pacientes que vão fazer parte do tratamento que se quer testar, no nosso caso a ayahuasca, ou do grupo placebo. Além disso, nem pacientes nem pesquisadores sabiam qual a substância, ayahuasca ou placebo, estava sendo administrada, daí o termo duplo (para pacientes e pesquisadores) cego”, explica.

Para a pesquisa, foram selecionados pacientes que tinham depressão resistente ao tratamento. “Ou seja, pessoas que já tinha feito uso de diversos antidepressivos comerciais, mas que não tinham melhora do quadro depressivo. Além disso tínhamos um grupo de indivíduos saudáveis, que foram usados como controle”, detalha a pesquisadora.

Ao todo, 29 pessoas com depressão participaram da experiência, além das 50 pessoas saudáveis do grupo de controle. Entre os doentes, 15 receberam placebo e 14 a substância real.

Comente

Campanha foi considerada a melhor do Brasil em 2017 na categoria “Comunicação I” - 16/11/2017

Campanha do Detran é destaque após vencer concurso nacional

O trabalho publicitário do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) foi premiado durante a no XVI Prêmio Denatran de Educação de Trânsito. A grande vencedora foi a campanha publicitária #CurtoDirigirBem, produzida pela Executiva Propaganda para o Detran. Ela foi considerada a melhor do Brasil em 2017 na categoria “Comunicação I”, que envolveu agências de publicidade, profissionais de mídia e estudantes da área de comunicação de todo o país.

As peças com foco na educação para o trânsito veiculadas na mídia pelo Detran foram avaliadas por uma comissão julgadora formada por técnicos do Denatran que observou os critérios de Adequação ao Tema, Criatividade, Adequação a Legislação (Resolução nº 314/2009), Uso adequado da Língua Portuguesa, Importância do projeto para a sociedade, e a Qualidade Técnica e Gráfica das peças publicitárias.

O tema proposto pelo Denatran para este ano foi o “Minha Escolha faz a Diferença no Trânsito”. O diretor-geral do Detran, Júlio César Câmara, parabenizou toda a equipe responsável pelas ações de educação de trânsito produzidas e desenvolvidas pelo Detran em todo o Rio Grande do Norte e ressaltou que o reconhecimento do Denatran motiva e fortalece a certeza de que o Governo do Estado tem compromisso com a formação de um trânsito mais seguro e humano.

“É um prêmio que mostra o empenho do Estado em conscientizar condutores e pedestres procurando sobretudo preservar vidas no trânsito”, comentou o diretor-geral.

A campanha publicitária #CurtoDirigirBem foi lançada pelo Detran em junho deste ano, com diversas atividades que aconteceram em um shopping da capital. A peça “Zona de Perigo”, que faz parte da campanha #CurtoDirigirBem, também foi destaque no meio do ano no maior portal de propaganda do mundo, o ADS of the Words.

O principal intuito da campanha #CurtoDirigirBem é despertar a reflexão em cada um sobre o que se diz e o que se faz na posição de motorista no trânsito. As peças publicitárias retratam a realidade que também é mostrada por meio da reprodução fiel de acidentes fatais com motocicletas e automóveis. A campanha aponta as várias situações em que vidas foram perdidas e que poderiam ter sido preservadas pelo simples fato do condutor respeitar a legislação de trânsito. Portal noar.

Comente

De acordo com a Caixa, aplicado na poupança o prêmio renderia cerca de R$ 136 mil por mês. - 16/11/2017

Mega-Sena pode pagar hoje R$ 29 milhões a quem acertar as seis dezenas

Por Agência Brasil

O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar hoje (16) R$ 29 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 1.988.

Por causa do feriado da Proclamação da República nessa quarta-feira (15), o sorteio foi transferido para hoje, às 20h, horário de Brasília.

De acordo com a Caixa, aplicado na poupança o prêmio renderia cerca de R$ 136 mil por mês.

Comente

Em vídeos da propaganda eleitoral, Temer reforça tese de que tentaram tirá-lo do poder - 16/11/2017

PMDB ataca ‘trama’ para tirar Temer do poder

Por Estadão Conteudo.

Na série de filmes gravados para a propaganda partidária do PMDB, que começarão a ser veiculados a partir da noite desta quinta-feira. 16, o partido escolheu atacar a “trama” que supostamente foi armada para tirar o presidente Michel Temer do poder. Além de, pelo menos, 11 vídeos de 30 segundos que estarão em inserções diárias, o partido também trará o mote que a trama foi vencida, no programa do dia 28, que terá dez minutos de duração.

Nas inserções que começam a ser veiculadas nesta quinta, o presidente aparece em uma delas, reforçando a ideia de que tentaram tirá-lo do poder, envolvendo-o em uma trama mentirosa. Sem citar diretamente os delatores da JBS e nem o ex-procurador-geral Rodrigo Janot, o presidente diz que “a verdade é libertadora”. “E não só nos livra das injustiças como nos dá ainda mais força de vontade e coragem para seguir em frente, é isso que vamos fazer com muita convicção, porque agora é avançar”, afirma ele, reforçando o slogan do governo federal.

Este vídeo de 30 segundos começa com uma narradora afirmando que “entre todas as perseguições feitas contra o presidente Temer houve uma que foi além, ultrapassou dos limites. A trama foi desmontada, a verdade venceu”.

Há outro vídeo que ataca mais diretamente a “trama” que o PMDB argumenta ter sido montada contra Temer. A peça começa com uma reportagem da revista Veja, com a foto de Janot e a frase de Joesley Batista “eles querem f…. o PMDB”. A reportagem destaca o áudio de Joesley Batista em que ele diz que Janot queria ser presidente da República. “Nada nem ninguém pode acabar com 50 anos de história, cinco décadas de luta, meio século de conquistas, mais que um partido, somos uma força, um ideal, um movimento que faz o Brasil seguir em frente”, diz o narrador.

Há também um vídeo que relembra a historia do partido e destaca que “o movimento” que consta na sigla PMDB agora é pelas reformas.

Economia

Os vídeos do PMDB também vão destacar que o governo do presidente Michel Temer ajudou na recuperação da economia e apesar de tentarem “derrubar o presidente”, “o Brasil está em pé”.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (CE), aparece em uma das mensagens destacando que o “diálogo” ajudou que medidas importantes fossem aprovadas no Senado. “Aprovamos medidas para recuperar a economia e trazer de volta os investimentos e empregos com carteira assinada”, diz.

A senadora Marta Suplicy, que era petista, aparece em uma inserção dizendo que Temer assumiu o Brasil numa situação “radicalizada e com a economia deteriorada”. “E tem conseguido superar todas as adversidades, que não têm sido poucas”, diz. Marta destaca também a questão da economia: “A crise está ficando para trás, há quanto tempo não tínhamos uma inflação e uma taxa de juros tão baixas”, ressaltando que “não dá pra negar” que as perspectivas de futuro são positivas.

Presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR) aparece reforçando a recuperação da economia e na inserção de 30 segundos não fala diretamente da “trama”. Ele destaca indicadores econômicos, a retomada da indústria e o desempenho do agronegócio. “Estamos no caminho certo, o Brasil está em pé”, diz.

Comente

Reforma - 16/11/2017

Reforma trabalhista: como ficou a lei com a nova MP publicada pelo governo

 

 

 

A reforma trabalhista entrou em vigor no dia 11 de novembro, mas o governo já editou uma Medida Provisória (MP) que altera parte do texto aprovado. Temas importantes e polêmicos, como a contribuição previdenciária (INSS) de funcionários com contrato intermitente de trabalho, quarentena intermitente, fim do contrato intermitente, regras para grávidas, indenização, jornada de 12 por 36 horas e questões relacionadas ao trabalho como autônomo mudam com a nova MP.

trabalho: Governo alterou pontos polêmicos da nova legislação trabalhista

© Nilton Fukuda|Estadão Governo alterou pontos polêmicos da nova legislação trabalhista

Como fica a contribuição ao INSS depois da nova MP?

O texto da nova legislação trabalhista não fornecia detalhes sobre a contribuição ao INSS nos casos de trabalho intermitente. Mas com a nova MP, quando a renda mensal não atingir o salário mínimo, o trabalhador terá de pagar a diferença ao INSS. Se ele não pagar, o mês não será considerado para fins de cálculo de aposentadoria e seguro-desemprego.

A quarentena intermitente mudou?

A Medida Provisória cria uma quarentena de 18 meses para contratar ex-empregado como intermitente, mas a cláusula só vale até dezembro de 2020. Antes, não era prevista a quarentena para recontratar ex-empregado como intermitente.

++Trabalhadores ainda desconhecem nova CLT

O encerramento do contrato de trabalho intermitente permanece o mesmo?

Se antes não estava prevista a regra para o encerramento de contrato nessa modalidade, agora será permitido ao trabalhador de contrato intermitente movimentar 80% da conta do FGTS, mas isso não dá acesso ao seguro-desemprego.

As grávidas continuam autorizadas a continuar trabalhando em atividades insalubres de grau mínimo e médio, exceto com atestado médico?

Não, a regra mudou. Agora, as grávidas ficarão livres do trabalho insalubre, mas poderão trabalhar se apresentarem autorização médica.

++Trabalhador é condenado a pagar R$ 8,5 mil em honorários com nova regra

O valor máximo de indenização em casos de ação trabalhista mudou?

Sim. Na legislação aprovada, o valor máximo poderia ser de até 50 vezes o último salário do empregado. Mas com a MP, o limite passou para 50 vezes o teto dos benefícios da Previdência.

Comente

saque - 15/11/2017

Governo do Estado vai realizar novo saque ao Fundo Previdenciário com autorização do Judiciário

O Governo do Estado solicitou ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte autorização para realizar um novo saque ao Fundo Previdenciário (Funfir).

Foi durante reunião na sede do próprio Poder Judiciário nesta terça-feira (14), com a presença também de representante do Ministério Público Estadual.

O Executivo justifica que é para pagar aposentados e pensionistas em novembro e dezembro.

Já foram sacados R$ 815 milhões do fundo que até 2014 tinha um saldo de R$ 973 milhões. Blog do Heitor.

Comente

concurso - 15/11/2017

Concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte deve ofertar vagas para mulheres

Foto: Valéria Lima | Mossoró Hoje
Uma novidade deve agradar as mulheres que sonham em ingressar na Polícia Militar. É que a previsão é de que o concurso público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte oferte vagas para mulheres. A quantidade, porém, ainda não foi definida. Atualmente, a PM tem cerca de 200 policiais femininas, sendo a grande maioria concentrada nas atividades administrativas.

Conforme reportagem do Tribuna do Norte, o edital do concurso da PM/RN está em análise na Procuradoria Geral do Estado (PGE). O procurador geral, Francisco Wilkie, disse que o processo é "urgente" e por isso está sendo priorizado.

Após a análise da procuradoria, o certame será enviado à Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) para ser publicado.

Conforme já anunciado pelo governo estadual, o concurso ofertará mil vagas e sem necessidade de ensino superior para os praças. O diploma, porém, será exigido para os oficiais.

Por diversas vezes, o governo estadual, tanto o governador Robinson Faria quanto a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, chegaram a anunciar que o edital sairia nos próximos meses. O concurso da PM sofre adiamentos desde 2015. 

Paralelamente a isso, o governo enviou à Assembleia Legislativa do RN, a Lei de Ingresso da PM, que visa aperfeiçoar a seleção. 

A lei tramita, no momento, na Comissão de Cidadania e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa. Após aprovação, será enviada para outras comissões. Portanto, o próximo concurso ainda exigirá apenas nível médio para ingresso no cargo de praças.

A aprovação da lei é defendida pelo Comando da Polícia Militar. O fato de passar a exigir nível superior para os oficiais é considerado um avanço. Essa exigência reduzirá o tempo de preparação do profissional para a atuação. Só com nível médio, o PM tem que passar por mais tempo de treinamento até chegar à rua. Com a exigência do nível superior, esse tempo será reduzido.

O Rio Grande do Norte não realiza um concurso para a PM há 12 anos. Atualmente, a corporação conta com 8.200 policiais, na ativa. O edital, previsto na lei, é 13.466 PMs - ou seja, há um déficit de 5.266 de pessoal. 

O governo informou que desde 2005, a PM passou por vários trâmites judicias como aumento de pedidos de aposentadoria e adiamentos na realização de um novo concurso.

Apenas em 2017, cerca de 200 policiais militares pediram aposentadoria, segundo o Tribuna do Norte. Outra preocupação da PM é o envelhecimento dos policiais. O soldado mais novo, por exemplo, tem 30 anos. 
 Fonte Mossoro Hoje.

Comente

Motorista bateu o automóvel que conduzia contra um porte na BR-101 Norte. - 15/11/2017

Mulher morre e homem e criança ficam feridos após acidente de carro na Zona Norte de Natal

Por G1 RN

Carro se chocou contra poste em acidente registrado na Zona Norte de Natal (Foto: PRF/Divulgação)

Carro se chocou contra poste em acidente registrado na Zona Norte de Natal (Foto: PRF/Divulgação)

Uma mulher morreu e um homem e uma criança ficaram feridos após um acidente de trânsito que aconteceu na tarde desta quarta-feira (15), na Zona Norte de Natal. As informações foram confirmadas pela Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a PRF, o condutor de um Pálio perdeu o controle do carro depois de passar pela Ponte de Igapó, no sentido Zona Norte da BR-101. O homem colidiu um veículo contra um poste. Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária, a mãe dele, que seguia no banco do passageiro, morreu no local. O motorista e uma criança que ia no banco de trás foram socorridos ao hospital.

Comente

Aumento de 63,6% em comparação com o mesmo período do ano passado - 15/11/2017

Superávit da balança comercial já chega a US$ 86,7 milhões no ano

Por Agência Sebrae

A balança comercial do Rio Grande do Norte continua em ritmo de crescimento favorável. O saldo nos dez primeiros meses do ano chegou a US$ 86,7 milhões, um aumento de 63,6% em comparação com o mesmo período do ano passado. Esse é também o maior superávit dos últimos cinco anos para o saldo acumulado até outubro. Isso porque as exportações continuam em ascensão. No período, cresceram 15% em relação a 2016, atingindo um volume de US$ 239,3 milhões. As importações, no entanto, registraram queda de 1,7% entre os meses de janeiro e outubro deste ano. O volume negociado foi de US$ 152,6 milhões, o menor montante para esse período desde 2013.

Os melões continuam no topo da pauta de exportação potiguar. Em dez meses, o volume exportado já chega a US$ 77,5 milhões pelo envio de 117,6 mil toneladas da fruta. Já o sal é o segundo item mais exportado pelo Rio Grande do Norte. No acumulado, foram exportadas 861,6 mil toneladas do mineral, o que corresponde a US$ 18,1 milhões negociados. As castanhas de caju aparecem em seguida com o volume de US$ 17 milhões referentes ao embarque de 1,8 mil toneladas das amêndoas. O estado também já enviou ao mercado internacional este ano 34,9 mil toneladas de melancias, que renderam US$ 14,2 milhões.

Em contrapartida o estado importou 220,7 mil toneladas de trigo e misturas com centeio, o equivalente a US$ 39,5 milhões. Já a importação de painéis e células solares chegaram a um volume de pouco mais de US$ 16 milhões, valor muito próximo do que já havia sido importado até setembro. E a tendência é que a importação desses equipamentos venha a cair cada vez mais nos próximos anos devido à futura instalação de uma filial da  Chint Eletrics no estado. A indústria chinesa é uma das gigantes mundiais desse setor e deverá começar a implantação de uma fábrica de painéis solares em Extremoz, em fevereiro de 2018.

O terceiro item mais importado pelo RN foi a castanha de caju in natura. O RN comprou 5,7 mil toneladas desse produto no valor total de US$ 10,2 milhões. O algodão aparece na quarta posição entre os principais produtos da pauta de importação potiguar. Já foram importadas 3,8 mil toneladas, o equivalente a US$ 7,4 milhões.

Os dados constam na edição 28 do Boletim dos Pequenos Negócios, divulgada nesta terça-feira (14) pelo Sebrae no Rio Grande do Norte. O informativo é mensal e contém indicadores da economia potiguar que influenciam direta ou indiretamente o segmento das micro e pequenas empresas. Essa edição traz uma análise da série histórica em períodos situados nos últimos cinco anos. O material pode ser consultado na íntegra no portal www.rn.sebrae.com.br  na seção “Boletim Econômico para MPE’s”.

Além do comércio internacional, o boletim também trata do saldo de empregos com carteira assinada no estado. Segundo o Cadadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego, no RN, em setembro de 2017, as admissões superaram as demissões em 1.642 vagas de trabalho formal. Com isso, já são 2.322 novos empregos nos nove primeiros meses do ano.
Esse saldo continua a mostrar uma tendência de recuperação do mercado de trabalho.  Apesar de o número ser menor do que aquele verificado em 2013 e 2014, reverte os valores negativos de 2015 e 2016, embora mantenha saldo negativo de 2.573 vagas nos últimos 12 meses.

O boletim também verifica a situação da arrecadação do principal imposto para os cofres do estado. O ICMS arrecadado pelo Rio Grande do Norte nos dez primeiros meses de cada ano, entre 2013 e 2017,superou, em 2017, R$ 4,1 bilhões. O crescimento nominal foi  de 4,3% entre 2016 e 2017, e de 28,3% entre 2013 e 2017.

Comente

DIA 25 DE NOVEMBRO INFORMAÇÕES JOSINOI - 15/11/2017

João Câmara : Curso de Jornalismo Radio e TV

Comente

Propina - 15/11/2017

Delator diz que Globo pagou propina para ter as Copas de 2026 e 2030

Marco Polo Del Nero, presidente da CBF

Marco Polo Del Nero, presidente da CBF

O argentino Alejandro Burzaco acusa a TV Globo de ter pago propina para Julio Humberto Grondona, ex-presidente da Associação Argentina de Futebol, para assegurar os direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030. Burzaco é uma das principais testemunhas de acusação no julgamento de José Maria Marin, ex-presidente da CBF, que acontece em Nova York, nos Estados Unidos, parte do processo Fifagate de investigação dos escândalos de corrupção no futebol.

A informação foi publicada pela "Folha de S.Paulo" nesta terça-feira. De acordo com o texto, Burzaco afirmou que a  emissora brasileira agiu juntamente com a mexicana Televisa e a empresa de marketing esportivo Torneos y Competencias, cujo dono era o argentino. A soma paga por elas foi de US$ 15 milhões (R$ 49,6 milhões).

O valor teria sido depositado no banco Julius Bär, na Suíça, para assegurar os direitos de transmissão dos dois Mundiais para TV, rádio e internet. Burzaco disse também que os valores pagos pelas empresas nos contratos com a  Fifa ficavam abaixo do mercado para que pudessem ser inflados com o pagamento de propinas. 

A TV Globo se posicionou por meio de uma nota para responder as acusações de Burzaco. Confira:

"Sobre depoimento ocorrido em Nova York, no julgamento do caso Fifa pela Justiça dos Estados Unidos, o Grupo Globo afirma veementemente que não pratica nem tolera qualquer pagamento de propina. Esclarece que após mais de dois anos de investigação não é parte nos processos que correm na Justiça americana. Em suas amplas investigações internas, apurou que jamais realizou pagamentos que não os previstos nos contratos. Por outro lado, o Grupo Globo se colocará plenamente à disposição das autoridades americanas para que tudo seja esclarecido. Para a Globo, isso é uma questão de honra. Não seria diferente, mas é fundamental garantir aos leitores, ouvintes e espectadores do Grupo Globo que o noticiário a respeito será divulgado com a transparência que o jornalismo exige."

  • Outras acusações

Durante o depoimento, Alejandro Burzaco citou um encontro em Londres, na Inglaterra, em 2013, para que esse acordo fosse fechado. Segundo ele, Marin, Marco Polo Del Nero, atual presidente da CBF, e executivos da americana Fox Sports estavam presentes nesta reunião na capital inglesa.

A testemunha de acusação disse que durante o encontro Marin e Del Nero reclamaram por não ter recebido até aquele momento o pagamento de propina referente aos direitos de transmissão da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana de 2013. Também foram cobrados pagamentos de US$ 2 milhões e US$ 3 milhões (R$ 6,6 milhões e R$ 9,9 milhões, respectivamente), referentes a outras negociações de direitos de transmissão de campeonatos.

Comente

DENÚNCIA - 15/11/2017

Dodge denuncia ministro do TSE por agressão à mulher

Ministro Admar Gonzaga, do TSE

Ministro Admar Gonzaga, do TSE

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga por lesão corporal resultante de violência doméstica contra a mulher, Élida Souza Matos.

Os detalhes da denúncia ainda não foram tornados públicos, embora não haja sigilo. A peça em que a Procuradoria-Geral da República faz a denúncia, protocolada na noite da terça-feira, ainda não se encontra disponível para consulta no STF.

A notícia do crime foi feita pela própria Élida, em boletim de ocorrência registrado contra o ministro do TSE, em 23 de junho, em Brasília, com realização de exame de corpo de delito – horas depois, ela decidiu fazer uma retratação.

Mesmo com a renúncia de Élida à acusação, o caso seguiu no STF, já que ministros do TSE tem prerrogativa de foro. “A retratação realizada pela vítima, por ser írrita (nula, sem efeito), não possui qualquer eficácia em relação ao noticiado delito de lesões corporais, cabendo ao Ministério Público adotar as providências que entender cabíveis”, explicou Celso de Mello.

De acordo com o laudo de exame de corpo de delito, houve “ofensa à integridade corporal ou à saúde”, e o meio que produziu essa ofensa foi “contundente”. Atendida no IML, a mulher do ministro apresentava, segundo o laudo, “edema e equimose violácea em região orbital direita”. Ela alegou ter sido agredida com empurrões.

Em outubro, Admar Gonzaga enviou manifestação ao STF se defendendo da acusação. De acordo com Gonzaga, a mulher havia recebido a notícia de uma doença, havia bebido vinho sem se alimentar, e uma crise de ciúmes acabou desencadeando a briga entre os dois. Admar confirmou que empurrou a mulher, mas disse que o fez em sua defesa e “que o movimento não foi empregado como meio deliberado de agressão”. Segundo ele, seus movimentos foram em defesa própria. O ministro anexou na manifestação fotos de seu rosto após suposta agressão de Élida.

“Não são fatos, mas a versão expressada por uma pessoa acometida de grave crise de ciúmes, e que havia degustado algumas taças de vinho a mais, sem o acompanhamento de adequada alimentação. Assim como agravante para a desestabilidade emocional, sucedeu-se a descoberta de doença autoimune, denominada esclerodermia, conforme já revelado em petição da própria requerente, muito atormentada pela exposição que estamos sofrendo”, alegou Admar.

O ministro também deu explicações para o hematoma do olho de sua esposa e disse que ela escorregou em um enxaguante bucal e bateu o rosto na banheira. “Tal lesão, pelo que me recordo, foi causada pelo tombo que se sucedeu ao escorregão que sofreu sobre o Listerine, e que a levou a bater com o rosto na banheira, mas jamais em face do alegado empurrão em seu rosto.”

Em relação às supostas agressões verbais, o ministro disse que jamais dirigiria ofensas a qualquer mulher “muito menos àquela que sempre me dirigi como o amor da minha vida”.

Outro lado

Dizendo ter sido informado da denúncia pela reportagem, Admar Gonzaga disse que precisava analisar a acusação formal da procuradora-geral antes de fazer comentários. No entanto, afirmou que o casal, hoje separado, está tentando a reaproximação.

“O que eu teria a te dizer é que, depois do ocorrido, nós já viajamos para o exterior duas vezes juntos, e tivemos naturalmente um ambiente muito agradável, com o desejo de ambos (de reaproximação). Até a segunda viagem, ela até que me convidou para que eu fosse nessa viagem com ela”, disse.

Comente

Apreensão aconteceu na tarde desta terça-feira (14), no bairro Cidade da Esperança. - 15/11/2017

PM apreende 377 quilos de maconha na Zona Oeste de Natal

Por G1 RN

Polícia Militar do RN apreendeu 377 quilos de maconha na Zona Oeste de Natal, a maior apreensão de 2017 (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Polícia Militar do RN apreendeu 377 quilos de maconha na Zona Oeste de Natal, a maior apreensão de 2017 (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

A polícia apreendeu 377 quilos de maconha na carroceria de uma caminhonete no bairro Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal. A apreensão aconteceu na tarde desta terça-feira (14) e a droga foi encaminhada para a Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc).

Policiais militares do 9º Batalhão realizavam um patrulhamento de rotina quando encontraram a maconha. De acordo com a PM, a droga estava na carroceria de uma Hillux, parada na rua. Os policiais chegaram até o veículo depois de sentir o cheiro da maconha saindo de dentro do carro.

Ninguém foi encontrado no interior da Hillux. A polícia segue à procura dos donos da droga. A apreensão foi a maior registrada em Natal em 2017.

Comente

Triplo homicídio aconteceu na noite desta terça (14) no bairro do Carmo. Criminosos fugiram. - 15/11/2017

Dois homens e uma mulher são mortos a tiros em Santo Antônio, RN

Por G1 RN

Vítimas foram identificadas como Emanuel Firmino da Silva, de 21 anos, David Bezerra Marinho, de 18, e Francineide Bezerra de Lima, 23 (Foto: PM/Divulgação)

Vítimas foram identificadas como Emanuel Firmino da Silva, de 21 anos, David Bezerra Marinho, de 18, e Francineide Bezerra de Lima, 23 (Foto: PM/Divulgação)

Dois homens e uma mulher foram mortos a tiros na noite desta terça-feira (14) no bairro do Carmo, em Santo Antônio, município da região Oeste potiguar. Ainda não há informações sobre quem cometeu os crimes nem da motivação.

As vítimas foram identificadas como Emanuel Firmino da Silva, também conhecido como 'Neco', de 21 anos, Davi Bezerra Marinho, de 18 anos, e Francineide Bezerra de Lima, de 23 anos, mulher de Emanuel. Eles estavam na Rua Pedro Mandu da Silva quando foram atingidos por disparos de espingarda que partiram de dentro de um Fiat de cor escura que passava pelo local. Francineide ainda correu para dentro de casa, onde acabou morrendo.

Moradores da vizinhança disseram à PM que os três tinham envolvimento com drogas.

O triplo homicídio será investigado pela Polícia Civil do município.

Comente

Duplo homicídio aconteceu na madrugada desta quarta (15) no conjunto Parati 2000. Polícia acredita que vítimas são mãe e filho, mas homem ainda não foi of - 15/11/2017

Homem e mulher são executados a tiros e criança de 4 anos baleada em Assu, RN

Por G1 RN

Ambulância do Samu foi chamada e socorreu a criança baleada (Foto: Francisco Coelho/Focoelho)

Ambulância do Samu foi chamada e socorreu a criança baleada (Foto: Francisco Coelho/Focoelho)

Um homem e uma mulher, provavelmente mãe e filho, foram assassinados a tiros e um menino de 4 anos ferido por estilhaços na madrugada desta quarta-feira (15) dentro de uma casa no conjunto Parati 2000, em Assu, cidade da região Oeste potiguar. Não há pistas dos criminosos.

A criança foi socorrida com um ferimento em uma das pernas, mas ainda não se tem notícias do estado de saúde dela. Apenas um dos mortos foi oficialmente identificado até o momento. Trata-se de Maria Antônia de Lima Cardoso, de 51 anos. A outra vítima seria Brenart Clemente Cardoso, cuja idade também não foi confirmada. A PM informou que ele usava tornozeleira eletrônica. Já o garoto, seria neto de Maria. Uma segunda criança, que tem 12 anos, também estava na residência, mas não foi ferida.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 3h, momento em que os criminosos arrombaram a porta da residência e foram até o quarto de casal. As vítimas foram obrigadas a deitar no chão, e em seguida executadas. Os corpos tinham marcas de vários disparos. No local, os policiais encontraram capsulas de pistola e de espingarda.

Testemunhas disseram à polícia que viram quatro pessoas saindo da casa logo após os tiros. A PM ainda fez buscas pelo conjunto, mas não encontrou nenhum suspeito. Até o momento também não se sabe o que teria motivado o duplo homicídio.

Ainda no imóvel, os policiais encontraram uma carteirinha de visitante da Cadeia Pública de Natal. Com ela, Maria Antônia tinha permissão para visitar um filho chamado Breno Clemente Cardoso.

Comente

Alvinegro já rebaixado, permanece na lanterna - 15/11/2017

ABC é goleado pelo Brasil de Pelotas na Série B

O Mais Querido enfrentou o Brasil/RS nesta terça-feira (14), no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e acabou derrotado pelo placar de 3 a 0. Rafinha, Marlon e Cassiano marcaram os gols do time gaúcho.

Com o resultado, o Clube do Povo permaneceu com 31 pontos e ficou na 20ª colocação na classificação. O próximo compromisso do Alvinegro está marcado para o sábado (18), quando enfrentará o Oeste/SP, às 16h30 (Horário de Natal), no estádio Frasqueirão. Fonte Portal noar.

Comente