PT pode Decidir - 23/04/2018

Lula diz em carta que PT pode ficar à vontade para decidir sobre candidatura

Da prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado na Operação Lava Jato, escreveu que o PT pode ficar à vontade para tomar “qualquer decisão” sobre a eleição deste ano. Em carta destinada à presidente nacional da sigla, senadora Gleisi Hoffmann (PR), Lula também afirmou que quer a sua liberdade e que ficou feliz com o resultado da última pesquisa Datafolha, divulgada na semana passada, na qual aparece com 30% ou 31% das intenções de voto nos três cenários em que seu nome foi testado.

A mensagem foi lida por Gleisi nesta segunda-feira, no Diretório Nacional da legenda, que foi transferido para Curitiba após o encarceramento do ex-presidente na Superintendência da Polícia Federal, há cerca de duas semanas. “(Queria que vocês) ficassem totalmente à vontade para tomar qualquer decisão. O ano de 2018 é muito importante para o PT, para a esquerda, para a democracia e, para a mim, eu quero a minha liberdade”, leu a senadora Gleisi.



Ace

Comente

Embora acredite que isso jamais acontecerá na prática, já que as distribuidoras mandam no mercado, Antônio Sales acredita que essa possibilidade diminuiria - 23/04/2018

Presidente do Sindipostos-RN apoia venda direta de etanol para postos

O alto preço dos combustíveis diminuíram as vendas nos postos em relação ao ano passado

O presidente do Sindipostos-RN, Antônio Sales, elogiou nesta terça-feira, 23, o presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Alexandre Andrade Lima, que defendeu esta semana a venda direta de etanol para os postos de combustíveis, extinguindo a obrigatoriedade atual de o produto ser entregue às distribuidoras, encarecendo seu preço final.

“Seria muito bom se fosse possível”, comentou Sales. “O problema é que são quatro as maiores distribuidoras do País, sendo que a maior delas pertence ao próprio Governo Federal, razão pela qual a entrega direta para os postos – apesar de já ocorrer em outros país – jamais acontecerá aqui”, completou.

A manifestação da Feplana aconteceu um dia depois da divulgação, pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), do recuo de apenas 0,9% do etanol hidratado nos postos paulistas, enquanto a queda nas indústrias do combustível foi de 21% nas últimas três semanas.

A Feplana, que representa 30% da produção nacional, juntou-se à luta das entidades sucroenergéticas insatisfeitas com a significativa diferenciação praticada pela cadeia de comercialização do etanol.

O etanol hidratado tem saído das usinas por R$ 1,522, conforme dados da Datagro, o que representa uma quebra superior a 20% nas últimas três semanas.

Mas o valor nos postos continuam quase o mesmo do início do período analisado, sendo vendido agora por R$ 2,848, representando um recuo de menos de 1%, segundo informou a ANP. Fonte Agora RN.

Comente

O presidente Michel Temer sancionou nesta segunda-feira, 23, sem vetos, o projeto que endurece as penas para modalidades de roubo como o de caixas eletrônicos - 23/04/2018

Lei que endurece penas para roubos de caixas eletrônicos é sancionada

Apenas nos dois primeiros meses de 2018, os crimes que tiveram uso de explosivo aconteceram 31 vezes

O presidente Michel Temer sancionou nesta segunda-feira, 23, sem vetos, o projeto que endurece as penas para modalidades de roubo como o de caixas eletrônicos com uso de explosivos. Como tem usado o tema da segurança pública como uma das principais bandeiras do seu governo, Temer publicou um vídeo há pouco nas redes sociais para exaltar a medida.

“Sancionei hoje, projeto de lei que diz respeito à segurança pública, e duas medidas importantes foram tomadas. Uma primeira é que há um agravamento da pena, ou seja, um aumento da pena, se o assaltante levar consigo materiais explosivos ou artefatos que possam permitir a feitura de explosivos”, afirmou o presidente. “E um outro ponto, é que se houver explosão de um caixa eletrônico, haverá um sistema pelo qual as notas que estão no caixa eletrônico serão inutilizadas, ou borradas de tinta, portanto inutilizadas, ou até destruídas”, completou.

O presidente disse ainda que as medidas são fundamentais “para revelar que no assalto ao caixa eletrônico, que o assaltante nada conseguirá levar, portanto, o produto do assalto será nulo, será zero”.

O projeto foi aprovado no dia 27 de março no Senado. O texto acrescentou modificações feitas na Câmara dos Deputados, que obrigavam os bancos a instalarem dispositivos que inutilizem as cédulas dos caixas atacados.

O projeto aprovado aumenta em dois terços a pena por roubo com uso de explosivos para destruir um obstáculo. Já o furto com uso de explosivos passa a ser furto qualificado, com pena de quatro a dez anos de prisão.

O texto também aumentou as penas para furto e o roubo dos próprios equipamentos explosivos: quatro a dez anos de prisão em caso de furto, e elevação da pena em até 50%, para roubo. Além disso, o roubo realizado com uso de armas vai render aumento de dois terços da pena, de acordo com o novo projeto.

Segundo a proposta aprovada, caso o roubo resulte em lesão corporal grave, a punição passa a ser de 7 a 18 anos de reclusão – hoje, é de 7 a 15 anos. O texto também estabelece que bancos serão obrigados a instalar equipamentos para inutilizar as cédulas depositadas em caixas eletrônicos, em caso de arrombamento, movimento brusco ou alta temperatura.

Crescimento

Na semana passada, o Estado mostrou que ataques a bancos e caixas eletrônicos atingiram, ao longo dos últimos três anos, 336 cidades de São Paulo, o que equivale à metade do Estado.

Apesar de o número de crimes ainda estar abaixo do patamar elevado de 2015, os dados indicam que os casos vêm aumentando em 2018. Nos dois primeiros meses, os registros somados de roubos e furtos, tentados e consumados, a instituições financeiras e terminais bancários eletrônicos foram 10,5% maiores do que no mesmo período do ano passado, chegando a 84; o uso de explosivos, marca dos ataques, também se tornou mais frequente.

Apenas nos dois primeiros meses de 2018, os crimes que tiveram uso de explosivo aconteceram 31 vezes. No ano passado, no mesmo período, foram 18 casos.

Comente

Romão Cícero de Oliveira ingressou na magistratura do DF em 1981 - 23/04/2018

Potiguar de Santa Cruz é o novo presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal

Natural de Santa Cruz, no Agreste Potiguar, o desembargador Romão Cícero de Oliveira é a partir desta segunda-feira, 23, o novo presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).

Presidente eleito, ele se formou pela Universidade Regional do Nordeste, em Campina Grande-PB, no ano de 1976. Ocupou o cargo de Defensor Público do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) em 1980, e em julho de 1981 ingressou na magistratura do DF. Titularizou-se em 1983 na 2ª Vara Cível do Gama e, em abril de 1994, foi promovido a Desembargador. Foi eleito Vice-Presidente do TJDFT para o biênio 2008-2010.

Ocupou os cargos de Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), onde também foi Presidente, no biênio 2014-2016. Atualmente, é membro da 1ª Turma Criminal, da Câmara Criminal e do Conselho Especial do TJDFT.

A solenidade acontece às 17h30, na Sala de Sessões Plenárias do Palácio da Justiça, em Brasília.

Comente

Procuradoria vê indícios de crime de responsabilidade e diz que cabe ao legislativo decidir se abre investigação - 23/04/2018

Portal No Ar divulga com exclusividade documentação da PGR enviada à Assembleia

No encaminhamento do pedido de investigação do governador Robinson Faria (PSD) feito pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) à Assembleia Legislativa, a Procuradoria Geral da República (PGR) apontou que existem indícios de crime de responsabilidade praticados pelo gestor, no relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) referente ao exercício financeiro de 2016, que configuram, na avaliação da PGR, improbidade administrativa.

“A análise do parecer prévio evidencia graves falhas nas contas referentes ao exercício financeiro de 2016, dentre as quais uma série de irregularidades formais, incapazes de configurar conduta típica, punível e culpável como delito, apenas ato de improbidade administrativa”, diz a PGR, no documento enviado à Assembleia.

A Procuradoria Geral da República destaca ainda que chama atenção a abertura de créditos adicionais no valor de R$ 3,6 bilhões. “A conduta corresponde, em tese, ao crime de responsabilidade, previsto no artigo 65 da Constituição Estadual, concomitante com os artigos 11 e 12 da Lei Federal 1.079/1950”, enfatiza.

No documento, a PGR ressalta que cabe à Assembleia decidir sobre a abertura de um tribunal especial, formado por cinco deputados e cinco desembargadores, para julgar o governador Robinson Faria. Com o documento em mãos, o legislativo estadual decidirá se abre a investigação ou ignora os indícios mostrados pela PGR.

Confira, na íntegra, a documentação com o parecer da PGR enviado à Assembleia:

WhatsApp Image 2018-04-23 at 17.32.00

 

Comente

Dolar em Alta - 23/04/2018

Dólar sobe 1,2% e vai a R$3,45, maior patamar desde final de 2016, com cena externa

Foto: Mark Wilson/ Getty Images

© Foto: Mark Wilson/ Getty Images Foto: Mark Wilson/ Getty Images

O dólar fechou a segunda-feira em alta de mais de 1 por cento e foi ao patamar de 3,45 reais, maior nível em quase um ano e meio, seguindo o movimento dos mercados externos em meio a temores de que a pressão inflacionária leve o banco central dos Estados Unidos a ser mais firme no aperto monetário.

O dólar avançou 1,20 por cento, a 3,4528 reais na venda, depois de tocar a máxima de 3,4538 reais no dia e no maior patamar de fechamento desde 2 de dezembro de 2016 (3,4726 reais). O dólar futuro tinha alta de cerca de 1,1 por cento no final da tarde.

"O Treasury de 10 anos testou novamente os picos deste ciclo econômico... geralmente, as rodadas de abertura (alta das taxas) dos Treasuries afetam o humor global a risco, o que está dando suporte ao dólar no mundo", disse o gestor e sócio da gestora Flag Dan Kawa.

Os rendimentos dos Treasuries de 10 anos dos EUA foram a quase 3 por cento nesta sessão, em meio a preocupações com a crescente oferta de dívida pública do país e a aceleração da inflação. Com isso, o dólar chegou a atingir a máxima em sete semanas ante umaa cesta de moedas.

Esse cenário aumentava o temor de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, possa elevar os juros mais do que o esperado. Taxas elevadas na maior economia do mundo tendem a atrair recursos aplicados hoje em outras praças financeiras, como a brasileira.

"E isso levaria a menos liquidez no mercado, o que puxa o dólar", afirmou o gestor de derivativos de uma corretora local.

O dólar também subia ante divisas de países emergentes, como o peso mexicano e o rand sul-africano.

Como pano de fundo, os investidores seguiram acompanhando o noticiário político interno, a poucos meses das eleições presidenciais de outubro.

O Banco Central vendeu todo o lote de 3,4 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando 1,87 bilhão de dólares do total de 2,565 bilhões de dólares que vence em maio.

Se mantiver esse volume diário e vendê-lo integralmente, o BC rolará o valor total dos swaps que vencem no próximo mês.

(Por Claudia Violante)

Comente

Marcia Felipe,Brasas e Edyr Vaqueiro. - 23/04/2018

João Câmara: Vaquejada Fenomenal Dia 12 de Maio

Comente

Desde 1º de janeiro de 2017, quando foram iniciados novos mandatos nos Executivos municipais, dez prefeitos tiveram seus diplomas cassados pelo TRE-RN - 23/04/2018

“O povo não tolera mais certas atitudes”, diz juiz do TRE sobre prefeitos cassados no RN

"As pessoas estão mais dispostas a denunciar comportamentos corruptivos", avaliou Wlademir Capistrano, juiz do TRE-RN

O juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no Rio Grande do Norte, Wlademir Capistrano, apontou uma percepção renovada da população potiguar – em parte estimulada pelos reflexos da Operação Lava Jato – para justificar a quantidade de prefeitos e vice-prefeitos que tiveram seus mandatos cassados no Estado desde o início de 2017.

“Estamos vivendo em um momento em que o povo está mais exigente com as pessoas que são ou se lançam como agentes políticos. Certas atitudes que antes eram toleradas pelo público, não são mais. Em alguns casos, os políticos não perceberam essa mudança de comportamento e insistem em práticas corruptivas no campo eleitoral, como abuso de poder político-econômico; compras de voto e uso excessivo de meios de comunicação, que são concessões públicas e não devem ser usados para proselitismo eleitoral. As pessoas estão mais dispostas a denunciar esse tipo de comportamento”, avaliou o magistrado.

Desde 1º de janeiro de 2017, quando foram iniciados novos mandatos nos Executivos municipais, dez prefeitos tiveram seus diplomas cassados pelo TRE-RN:

    • Antonio Carlos Peixoto Nunes (PSD) – ex-prefeito de Paraú [26/09/2017]
    • Iomária Rafaela Carvalho (MDB) – ex-prefeita de Água Nova [28/09/2017]
    • Leonardo Lisboa (PSD) – ex-prefeito de Passa e Fica [02/12/2017]
    • Fernanda Costa (MDB) – ex-prefeita de Santa Cruz [31/01/2018]
    • Rita de Luzier de Souza Martins (DEM) – ex-prefeita de Parazinho [08/03/2018]
    • Fábio Rodrigues de Araújo (PRB) – ex-prefeito de Galinhos [08/03/2018]
    • Maurício Caetano Damacena (DEM) – prefeito de João Câmara [13/03/2018] *
    • Neide Suely Muniz Costa (DEM) – ex-prefeita de Pedro Avelino [05/04/2018]
    • Alda Romão (PSD) – ex-prefeita de São José do Campestre [10/04/2018]
    • Marconi Barreto (PSD) – prefeito de Ceará-Mirim [10/04/2018] *

* O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que o prefeito de João Câmara, Maurício Damacena, retornasse ao seu cargo. O ministro Admar Gonzaga avaliou que houve “manifesta ilegalidade” na determinação do TRE. A determinação vale até que a Corte potiguar aprecie os possíveis embargos propostos pelos advogados de Damacena. O entendimento foi aplicado do mesmo modo ao prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto, que compartilha dos mesmos advogados de Damacena, e também teve seu mandado de segurança amparado pelo ministro Admar Gonzaga.

Apesar da intervenção do TSE, Wlademir Capistrano afirmou que o TRE-RN atua baseado em provas irrefutáveis. Todos os mandatos cassados, segundo ele, foram resultados de investigações extensas e minuciosas.

“Quando a Justiça Eleitoral é demandada, ela investiga por meio de processo que garante ampla defesa e produção de provas para todas as partes. A Justiça Eleitoral cassa baseada em elementos fortes identificados em um conjunto de provas. Identificando a prática de uma dessas condutas ilícitas, a Justiça tem que efetivamente cassar os mandatos, porque esse tipo de atuação corrompe a legitimidade do candidato e a soberania popular”, disse, ressaltando: “O mandatário tem que ser o legítimo representante da soberania livre e não da comprada”.Fonte Agora RN.

Comente

Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, afirmou que não 'há justo motivo ou necessidade de renovação' de diligências após 'fiscal - 23/04/2018

Juíza Carolina Lebbos veta deputados na cela de Lula

Lula chega à sede da PF em Curitiba, no sábado, 7

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, vetou a entrada de deputados federais da Comissão de Direitos Humanos da Câmara na cela do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para a magistrada, não ‘há justo motivo ou necessidade de renovação’ de diligências após ‘fiscalização’ de senadores na sala especial em que o ex-presidente cumpre pena de 12 anos e um mês no caso triplex.

A magistrada ressalta que o Ministério Público Federal ‘apresentou manifestação pelo indeferimento do pedido, considerando a ausência de relevância ou justo motivo para a realização do ato pretendido’.

“Em data de 17/04/2018 já foi realizada diligência pela Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa do Senado Federal. Não há justo motivo ou necessidade de renovação de medida semelhante”, anotou.

A juíza ainda ressalta que ‘jamais chegou ao conhecimento deste Juízo de execução informação de violação a direitos de pessoas custodiadas na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, as quais contam com defesas técnicas constituídas. Especificamente em relação ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reservou-se, inclusive, espécie de Sala de Estado Maior, separada dos demais presos, sem qualquer risco para a integridade moral ou física’.

“Reitere-se, ainda, que em menos de duas semanas da prisão do executado já chegaram a este Juízo três requerimentos de realização de diligência no estabelecimento de custódia, sem indicação de fatos concretos a justificá-los. A repetida efetivação de tais atos, além de despida de razoabilidade e motivação, apresenta-se incompatível com o regular funcionamento da repartição pública e dificulta a rotina do estabelecimento de custódia. Acaba por prejudicar o adequado cumprimento da pena e a segurança da unidade e de seus arredores”, decidiu.

Em ofício à juíza, o líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta, coordenador da criada Comissão Externa da Câmara dos Deputados – “destinada a verificar in loco as condições em que se encontra o ex-presidente da República, na superintendência da Polícia Federal em Curitiba” – havia prometido que o grupo de parlamentares vistoriaria as condições da custódia e falaria com o petista em sua “cela” especial nesta terça-feira, 24.

O petista anexou ao ofício endereçado à Justiça ato do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM/RJ), que informa sobre a criação de Comissão Externa, ‘sem ônus para a Câmara’.

Para a Justiça foram enviados também os nomes dos 13 deputados da comissão: Paulo Pimenta (PT/RS), André Figueiredo (PDT/CE), Bebeto (PSB/BA), Benedita da Silva (PT/RJ), Jandira Feghali (PC do B/RJ), José Mentor (PT/SP), José Guimarães (PT/CE), Ivan Valente (PSOL/SP), Orlando Silva (PC do B/SP), Paulo Teixeira (PT/SP), Wadih Damous (PT/RJ), Weverton Rocha (PDT/MA) e Silvio Costa (Avante/PE).

Estadão

Comente

Choveu mais forte em Carnaubais 89,4 milímetros (mm); Caraubas,72,5mm; Alto do Rodrigues - DIBA, 65,0 (mm); Campo Grande, 64,2mm; Paraú, 60,6mm - 23/04/2018

Emparn prevê chuvas nas próximas 24 horas em todas as regiões do Estado

Na mesorregião Central choveu em Caicó, 66,8mm e São João do Sabugi, 60mm

As chuvas estão mantendo a regularidade, principalmente no sertão potiguar, após seis anos consecutivos de seca. No fim de semana, da manhã de sexta-feira até a manhã desta segunda-feira 23. A previsão para as próximas 24 horas é de céu parcialmente nublado e chuva em todas as regiões do Estado.

A zona de Convergência Intertropical (ZCIT) continua atuando sobre a região Nordeste. O que é bom, principalmente para a o sertão nordestino, porque a ZCIT é o principal sistema que provoca boas chuvas nesta época do ano na região Nordeste.

A Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou precipitações em 105 pluviômetros acompanhados diariamente pela equipe da meteorologia, nas mesorregiões do Estado, com destaque para o Oeste.

Choveu mais forte em Carnaubais 89,4 milímetros (mm); Caraubas,72,5mm; Alto do Rodrigues – DIBA, 65,0 (mm); Campo Grande, 64,2mm; Paraú, 60,6mm.

Na mesorregião Central choveu em Caicó, 66,8mm e São João do Sabugi, 60mm. No Agreste e Leste as chuvas mais fortes ocorreram em Bento Fernandes, 35mm e Georgino Avelino, 22,9mm, respectivamente.

No site da EMPARN, estão disponíveis o Boletim Chuvas e a previsão. www.emparn.rn.gov.br

Comente

Robinson Faria, Fábio Dantas, Carlos Eduardo e Fátima Bezerra estão no páreo - 23/04/2018

Quatro pré-candidatos se destacam na corrida pelo governo do RN

Para as eleições de 2018, o Rio Grande do Norte tem quatro pré-candidatos que se destacam na corrida pela sucessão estadual. São eles: o governador Robinson Faria (PSD), o vice-governador Fábio Dantas (PSB), o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) e a senadora Fátima Bezerra (PT).

Robinson Faria é candidato natural ao cargo. Apesar do alto índice de rejeição observado nas últimas pesquisas e do isolamento político,, ele acredita que pode reverter o quadro e disputar com chances reais de vitória. No caminho do governador, ainda estão as contas do exercício financeiro de 2016 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que podem deixá-lo inelegível e até afastado do cargo, dependendo do entendimento da Assembleia Legislativa.

Corre por fora no xadrez eleitoral o vice-governador Fábio Dantas, que rompeu com o governo, lançou a pré-candidatura e espera contar com um grupo político forte para levar seu nome aos quatro cantos do Estado. Fábio mantém conversas com PSDB, PR, PROS e PPL, que serão fundamentais para viabilizar o nome dele para a disputa.

Representante da política tradicional, o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) conta com a aprovação do seu trabalho na capital e a força dos senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB) no interior para alavancar seu objetivo de chegar ao Governo do Estado. Contra Carlos pesa a rejeição popular aos políticos tradicionais. A favor, a boa estrutura, as fortes bases e o resultado das suas gestões como prefeito.

Líder nas pesquisas, a senadora Fátima Bezerra (PT) é um nome cotado para a disputa desde 2015. Após o rompimento do PT com o governador, em 2016, ela passou a ser dada como certa na disputa. Apesar de ter se afastado da política local para se dedicar ao debate nacional, a petista conta com grande simpatia popular e está entre os favoritos na disputa.

Correndo por fora

Além dos pré-candidatos de maior visibilidade, correm por fora para viabilizar suas candidaturas o deputado estadual Kelps Lima (SD), o General Girão (PSL), o ambientalista Freitas Júnior (REDE) e o empresário Carlos Alberto (PSOL). Fonte Portal noar.

Comente

Veículo da prefeita de Lagoa D'anta foi roubado em frente ao hospital Walfredo Gurgel. Após perseguição, carro foi encontrado dentro de um canal de esgoto n - 23/04/2018

Prefeita de cidade do interior do RN tem carro roubado em Natal; veículo é encontrado dentro de canal

Por G1 RN

Carro da prefeita foi encontrado dentro de um canal de esgoto no Paço da Pátria (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Carro da prefeita foi encontrado dentro de um canal de esgoto no Paço da Pátria (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)         

prefeita Taianni Santos, da cidade de Lagoa D'Anta, que fica na região Agreste potiguar, teve o carro roubado na tarde deste domingo (22) em frente ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. Segundo a Polícia Militar, além do carro, os bandidos levaram joias e celulares.

A polícia foi acionada e perseguiu os bandidos, que abandonaram o carro dentro de um canal no Paço da Pátria, na Zona Leste da cidade. Os assaltantes não foram encontrados.De acordo com a PM, a prefeita estava indo visitar um morador de Lagoa D'Anta no hospital, quando dois homens chegaram e anunciaram o assalto. Os criminosos fugiram levando o carro da prefeita, uma caminhonete Amarok.A PM não sabe se os bandidos caíram com o carro dentro do canal ou se o veículo foi abandonado próximo e depois jogado no esgoto. Na traseira da caminhonete é possível ver marcas de tiros, mas também não se sabe em que circunstâncias o veículo foi baleado.

 

Comente

NOTICIA NACIONAL - 23/04/2018

Penitenciária de Alcaçuz vira destaque positivo em reportagem do Fantástico

Quem diria. Passados 15 meses do caos em Alcaçuz a penitenciária virou presidio modelo em reportagem do Fantástico da Rede Globo.

A repórter Sônia Bridi entrou no complexo e mostrou como a unidade funciona hoje, a mudança de metodologia e o investimento de R$ 3 milhões de reais por parte do Governo do Estado que fizeram agentes não ter mais contato com presos, entrada zero de celulares, o novo regime disciplinar e ainda mostrou os novos agentes penitenciários treinando dentro do próprio presidio.

A reportagem ainda destacou as falas do Diretor da Unidade, Ivo Freire e do Secretário da SEJUC, Luís Mauro.

Abaixo segue fotos da “nova” Alcaçuz divulgas por esse blog quando visitamos o presidio a convite do Gabinete Civil do Estado no ano passado.

 

Resultado de imagem para Alcaçuz é reformado

 

 

Resultado de imagem para Alcaçuz é reformado

Comente

CNH - 23/04/2018

Detran disponibiliza pela internet renovação e expedição de segunda via de CNH

Agora o cidadão que deseja renovar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou expedir segunda via devido à perda, roubo ou extravio pode fazer a solicitação diretamente no site do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). A medida implantada pelo Detran faz parte da política de descentralização e modernização dos serviços, que vem com o intuito de diminuir filas e o tempo de espera do cidadão, levando assim maior comodidade aos usuários.

O procedimento de solicitação de renovação ou segunda via de CNH é simples e prático, bastando que o usuário entre no site do Detran e clique no botão “Consulta de Pessoas e Boletos”. Logo em seguida, abre uma nova tela onde o sistema pede para que o cidadão insira os números do CPF e do registro da CNH, e logo após, clica em “consulta”. Dessa maneira, o usuário tem acesso aos dados da sua habilitação, a exemplo de possíveis débitos e de pontuação. Nessa mesma tela é possível visualizar os botões que dão acesso a renovação e a segunda via da CNH.

Nessa fase, o solicitante escolhe o serviço desejado e preenche um formulário padrão, podendo até mesmo atualizar o endereço residencial. Após finalizar o cadastro, será gerado uma página com o número do Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) e a finalização do processo. Essa página com número do Renach deverá ser impressa pelo usuário e levada juntamente com a documentação pessoal para ser apresentada no guichê de atendimento do Detran, onde será iniciada a segunda etapa do procedimento, que é a captura da imagem e das digitais do cidadão, sendo em seguida liberada a emissão da CNH.

Já o pagamento da taxa gerada pelo serviço pode ser realizado assim que o cidadão concluir a etapa online. Os meios utilizados para a quitação pode ser pelo aplicativo do Banco do Brasil, imprimir a guia e pagar diretamente no caixa do banco, ou mesmo buscar uma agência do Pagfácil e informar o CPF, que o débito será localizado, podendo assim ser quitado pelo usuário.

 

Comente

O carro da prefeita Taianni Santos foi encontrado dentro de um canal de esgoto - 23/04/2018

Prefeita de Lagoa D’Anta tem carro e pertences roubados em Natal


 

A prefeita do município de Lagoa D’Anta, que fica na região Agreste potiguar, foi alvo de criminosos que roubaram seu carro neste domingo, 22, na Avenida Hermes da Fonseca, em frente ao Hospital Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a prefeita Taianni Santos estava visitando um conterrâneo no hospital, quando dois homens abordaram o carro durante a busca por uma vaga para estacionar e roubaram também joias e celulares. Na fuga levaram a picape da prefeita, uma Volkswagen Amarok.

A PM foi acionada e conseguiu encontrar o veículo. Houve perseguição até a entrada da comunidade do Paço da Pátria, na zona Leste de Natal, onde os assaltantes abandonaram o veículo, que foi encontrado dentro de um canal de esgotos. Os policiais não souberam informar se os bandidos caíram com o carro dentro do canal ou se o veículo foi abandonado próximo e depois jogado no local. Portal noar.

Comente

Ednilson Pinheiro foi, ao mesmo tempo, vice-prefeito, analista da Emater e secretário de Agricultura - 23/04/2018

Justiça condena ex-vice-prefeito de Florânia por acumulação de cargos

FOTO: EDSON DANTAS


 

O juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da Comarca de Florânia, no Central Potiguar condenou Ednilson Pinheiro Borges, ex-secretário Municipal de Agricultura e ex-vice-prefeito do município, pela prática de acumulação ilegal de cargos.

Ednilson Pinheiro, conhecido por Bebe, deverá pagar multa civil no valor de R$ 24 mil, referentes a quatro vezes o valor do salário mensal de vice-prefeito, à época, em razão dos quatro anos pelos quais manteve o ato irregular pelo qual está sendo condenado. Este montante será recolhido em favor do Município de Florânia, e determinou desde já sua intimação para efetuar o pagamento.

Ele também deve ressarcir de forma integral o dano causado pela indevida percepção dos vencimentos junto à Emater/RN (de valor mensal de R$ 3.150), referentes ao período de janeiro de 2009 (quando diplomado vice-prefeito) a junho de 2012 (momento no qual uma liminar suspendeu seus subsídios) – 42 meses, totalizando a cifra de R$ 132.300, montante a ser recolhido em favor da Emater.

O ex-secretário está proibido de realizar contratação com o poder público ou de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.

Denúncia do MP

As condenações surgiram de Ação de Improbidade Administrativa ajuizada pelo Ministério Público contra Ednilson Pinheiro Borges, requerendo a responsabilização dele por atos de improbidade administrativa cometidos no Município de Florânia, entre os anos de 2009 e 2012.

O MP imputou ao acusado a inobservância de normativas ordenadoras da Administração, ferindo a legalidade e moralidade e causando dano ao erário ao acumular indevidamente os cargos de Analista de Extensão Rural da Emater, Secretário Municipal de Agricultura e Vice-prefeito, assim incorrendo na conduta ímproba prevista no art. 9º, caput, da lei 8.429/92.

Em sua contestação, Ednilson Pinheiro defendeu a inexistência de prejuízo ao erário e de atos de improbidade administrativa, afirmando que as cargas horárias dos cargos que ocupavam eram compatíveis e, portanto, adequadas aos ditames legais. Por fim, argumentou novamente que a indevida acumulação cargos que se lhe imputam nada de ilegal ostentava, sem consequências prejudiciais ao erário.

Comente

Jovem tentou atravessar açude, mas cansou e se afogou nas águas - 23/04/2018

Adolescente morre afogado em Açude de Currais Novos


 

O período de chuvas trás consigo muita felicidade ao interior do estado com a chegada das águas, mas ao mesmo tempo oferece perigos a aqueles que tentam as desafiar. Assim aconteceu com o adolescente Gabriel Gama Tertuliano de 15 anos que se afogou neste domingo, 22, em um açude no município de Currais Novos, na região Seridó do estado.

De acordo com informações de testemunhas, o garoto foi com amigos a um açude na comunidade Alagoinha, próximo ao Totoró, para tomar banho. No local, ele tentou atravessar o açude a nado e cansou antes de chegar ao outro lado.

Seus amigos ainda tentaram salvá-lo, porém o local era muito profundo e a vítima afundou nas águas. O Corpo de Bombeiros do Município de Caicó, também no Seridó, foi acionado e fez o resgate do corpo.

Confira fotos do resgate:

1 

5 

Fonte Portal Noar.

Comente

Prisão - 23/04/2018

Prefeito preso por estuprar criança em SP teria se passado por policial

Prefeito preso por estuprar criança em SP teria se passado por policial: Apesar de ter confessado o crime, no dia da prisão, a versão contada por ele foi outra, durante audiência de custódia, que aconteceu hoje

© Roberto Coletta/Arquivo pessoal Apesar de ter confessado o crime, no dia da prisão, a versão contada por ele foi outra, durante audiência de custódia, que aconteceu hoje

O caso do prefeito de Bariri (SP), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), que foi preso após estuprar uma criança de 8 anos, ganhou mais um capítulo neste domingo (22). O suspeito, detido nesse sábado (21), no Vale do Igapó, em Bauru, no interior do estado, fingiu ser um policial para convencer a vítima a entrar no carro dele. A informação foi confirmada pela irmã da menina, Josiele da Silva.

Apesar de ter confessado o crime, no dia da prisão, a versão contada por ele foi outra, durante audiência de custódia, que aconteceu hoje. O político, que permanecerá preso até o término das investigações, negou todas as acusações. Procurado pelo G1, o advogado de defesa do prefeito, Humberto Pastrello, não comentou sobre o ocorrido.

Para convencer a garota, Paulo disse que um ladrão estava no bairro e que por segurança era melhor ela entrar no veículo. "As vizinhas viram. Diz que ela parou, começou a gesticular e conversar. Nisso ele desceu, pegou a criança e colocou no carro. Travou com o vidro escuro e foi embora a milhão", afirmou Luana Garcia, prima da criança, em entrevista à TV TEM.

Comente

Reajustes nos Planos de Saúde - 23/04/2018

Reajuste de planos de saúde atinge pico e 3 milhões deixam de ter proteção

size_960_16_9_abr009608152013.jpg: Cartões de planos de saúde: especialistas recomendam buscar alternativas antes de cortar a despesa

© Agência Brasil Cartões de planos de saúde: especialistas recomendam buscar alternativas antes de cortar a despesa

Reajustes na casa de dois dígitos espantam usuários de planos de saúde. De acordo com dados da Agência Nacional de Saúde (ANS), o aumento de preço anual dos planos nos últimos três anos foi superior a 13,5%, os maiores da série histórica que começa em 2000.

Apesar de, em 2017, o número de beneficiários de planos de saúde ter registrado uma ligeira recuperação, o saldo desse período ainda é negativo. Desde 2015, cerca de 2,9 milhões de pessoas saíram do sistema de saúde privado.

Os brasileiros que decidiram sair do plano de saúde privado por não encontrarem alternativas que caibam no bolso acabam optando por usar serviços de consulta e exames e recorrem ao Sistema Público de Saúde (SUS) em caso de emergência.

Outros, que poderiam continuar a bancar a despesa, mas preferem ter um alívio no orçamento diante de preços exorbitantes, aplicam o dinheiro que gastariam com o plano, confiando que os gastos com saúde que possam vir a ter não serão tão elevados quanto o alto preço que pagam por eles.

Mas a decisão de cortar o plano de saúde é difícil de tomar. O consultor financeiro e professor da PUC-SP, Fábio Gallo, é categórico: é necessária cautela antes de cortar a despesa do orçamento. O ideal é que ela aconteça depois de todas as tentativas possíveis para baixar o custo do plano e venha após o corte de outros gastos supérfluos. Isso porque o SUS está longe de ser um sistema exemplar,segundo os próprios usuários.

Além de afastar clientes, os altos preços dos planos de saúde deixam muitas pessoas de fora do sistema privado. Um estudo recente realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) com 1.500 consumidores das capitais do país revela que 70% dos brasileiros não possuem plano de saúde particular, seja ele individual ou empresarial. O percentual é ainda maior entre as classes C, D e E (77%).

Veja a seguir a história de quem resolveu deixar de pagar um plano de saúde, por que os custos médicos subiram tanto e o que é possível fazer para diminuir o custo com a saúde

Comente